skip to Main Content

“Isso instiga o artista e também o apavora”

“Isso Instiga O Artista E Também O Apavora”

No início do ano, fizemos uma entrevista com o ator Rafael Losso e que não foi publicada por questões de: o site havia sido hackeado. Mas como nada nessa vida acontece por acaso, nesse meio-tempo, assisti ao musical “Lazarus”, escrito por David Bowie, e que o Rafael integra o elenco. Com isso, tive a oportunidade de ver a performance incrível do Rafael no palco, junto a uma equipe surpreendente. A temporada de “Lazarus” em São Paulo terminou dia 27 de outubro, mas se reestrear, onde quer que seja, deem um jeito de ir. Foi uma das coisas mais impressionantes que já vi no teatro.

Rafael LossoSaiba mais sobre a carreira do Rafael nessa entrevista:

[Cult Cultura] Rafael, quando alguém decide ser ator, o caminho mais comum é fazer um curso de teatro, apesar dessa profissão possibilitar trabalhar em cinema, TV, websérie, radionovela, dublagem, etc. Qual a importância de começar a estudar a arte da interpretação por meio do teatro?
[ Rafael Losso ] O teatro dá ao ator a base de todo o processo de como construir um personagem, de como levantar uma cena. Ele dá campo para o artista que quer ser ator, seja de novela, de cinema, de teatro, de TV ou de dublagem. O teatro dá estrutura e alcance de diversas formas de diálogo. Então eu acho que por isso ele é tão importante para que o artista se construa. Fora os grandes mestres, como Stanislavski, Brecht, entre outros, que vão exemplificar e dar a possibilidade de linguagem para o artista.

[Cult Cultura] A maioria dos artistas diz que a área é bastante imprevisível, mas talvez possa haver algumas estratégias para conseguir se manter na profissão. Uma delas é ser agenciado por algum profissional/empresa. Como um ator em início de carreira pode ser agenciado? É possível procurar um agente ou o mais comum é esperar um agente encontrá-lo?

[ Rafael Losso ] Na verdade, o mais incomum é esperar um agente te encontrar. Isso acontece por sorte ou por acaso do destino durante a carreira. Normalmente é o ator que procura um agente que queira agenciá-lo. E eu entendo as estratégias que existem para se manter na profissão, mas de certa forma, elas também são alegóricas, a profissão é imprevisível, sim, e para sempre será. Não existe um controle, uma carreira que não tenha seus altos e baixos. Seja ela qual for. Mesmo quem se mantem trabalhando sempre, a carreira é instável. Nós não mantemos uma carteira assinada e estamos sempre entre trabalhos. É uma guerra eterna na verdade, isso instiga o artista e também o apavora. Mas talvez seja por isso que escolhemos a profissão, rs.

[Cult Cultura] Além de ser agenciado, você tem algum planejamento para evitar altos e baixos na carreira?

Eu acho que o planejamento é: sempre que você estiver trabalhando, guardar dinheiro. E, para alguns atores e artistas, ter um segundo plano: dar aulas, cursos, ou trabalhar com qualquer outro tipo de coisa que não seja ligado com a carreira do ator.

[Cult Cultura] Você tem atuado em muitas produções no cinema e na TV. Tem algum personagem específico que você sonha interpretar?

[ Rafael Losso ] Eu acho que o personagem se encontra com o ator e o ator se encontra com o personagem para desempenhar tal papel. Sempre tem aqueles grandes personagens do teatro que seria um sonho interpretar, como Hamlet, MacBeth, grandes personagens de Shakespeare ou até mesmo protagonistas do Bertolt Brecht, que eu amo. Adoraria fazer, mas acho que a caminhada vai te apontando esses personagens e esses desejos, e os personagens vão te encontrando ao longo da carreira.

[Cult Cultura] Qual conselho você dá pra quem está começando na carreira de ator?

[ Rafael Losso ] Para quem está começando, o meu conselho é o mesmo da Fernanda Montenegro: se você quer ser ator e algo de muito forte te impulsiona, algo que te deixa sem sono, que te faz sonhar, que te faz brilhar muito os olhos, então siga seu sonho e vá ser ator. Porque a carreira não é nada fácil, mas se tem um bichinho que te come se você não estiver trabalhando como ator, então corre atrás que vai dar tudo certo.

Para quem quiser seguir na carreira artística, acompanhe nosso canal do Youtube e veja a websérie original da Cult Cultura, sobre profissões da Economia Criativa!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top